Se torne um Herói de Negócios!

Se torne um Herói de Negócios!

Deixe seu e-mail aqui para receber estratégias de investimentos e negócios gratuitamente!

Seus dados 100% Seguros!

Mudanças do Cheque Especial para 2020

Mudanças do Cheque Especial para 2020

Através da Resolução 4765/19, O Banco Central alterou algumas normas para tarifas e taxa de juros do Cheque Especial para 2020, oferecido pelas instituições financeiras.

No “lado bom”, temos que a taxa máxima de juros do cheque especial foi fixada em 8% ao mês. Por outro lado, a partir do dia 06/01/2020, os bancos podem cobrar de seus clientes uma taxa de 0,25% sobre o que exceder R$ 500,00 do limite do cheque especial.

Para você ficar por dentro de todas as alterações, preparamos uma série de perguntas e respostas para tirar suas dúvidas, além de dicas para você poder saber o que fazer com essas taxas.

Perguntas e Respostas

  1. Quem poderá ser taxado em 0,25% sobre o valor que exceder R$ 500 no limite do cheque especial?
    R: Pessoas físicas e Microempreendedores Individuais (MEI).
  1. E quem tem limite de cheque especial abaixo de R$ 500,00?
    Para estes casos, nada muda. Permanece sem ser taxado. 
  1. Só poderá ser taxado quem utilizar o cheque especial?
    Não, toda pessoa que possuir o limite acima de R$ 500, independente da utilização ou não, poderá ser taxada. E aqui já fica uma dica pra você. Se você não tem o costume de utilizar cheque especial, converse com o seu gerente para alterar o limite para menos de R$ 500 para não ser taxado.
  2. O banco pode aumentar o meu limite sem meu consentimento?Não, toda alteração deve ser comunicada previamente ao correntista.
  1.  O banco aumentou o meu cheque especial sem eu saber, como devo proceder?
    Aconselhamos que, caso isso aconteça, procure imediatamente a sua agência e solicite o estorno de valores cobrados irregularmente. Caso não obtenha sucesso, opte pelos canais de atendimento como SAC e Ouvidoria. Em último caso, se o problema persistir sem resolução, procure órgãos reguladores como PROCON e BACEN. Guarde todos os registros e documentos para evitar problemas futuros como cobranças indevidas.
  2. A cobrança será apenas sobre o valor que exceder o limite de R$ 500,00?
    Sim, 0,25% apenas sobre o que exceder os R$ 500,00. Vamos demonstrar alguns exemplos:
VALOR CHEQUE ESPECIAL VALOR ELEGÍVEL PARA COBRANÇA VALOR PAGO AO MÊS
R$ 1.000,00 $ 500,00 1,25
R$ 5.000,00 R$ 4.500,00 R$ 11,25
R$ 10.000,00R$ 9.500,00R$ 23,75

Lembrando que essa taxa não substitui o pacote de serviços que todo correntista tem em sua conta corrente (clique aqui e confira como se livrar dessa tarifa) e muito menos os juros de utilização do cheque especial. Portanto, você pagará os juros sobre o valor e prazo utilizado e a taxa do cheque especial.

A nossa dica é que evite ao máximo usar o cheque especial, já que apesar da redução para 8% ao mês, essa taxa ainda é absurdamente alta. Este tipo de limite, só deve ser utilizado em caso de extrema urgência.  Se estiver precisando de um dinheiro, dê preferência pelos empréstimos pessoais e consignados que possuem taxas menores do que o cheque especial.

Fique por dentro de todos os nossos artigos e materiais se inscrevendo para receber nossos e-mails e seguindo nossas redes sociais:

Já começou a investir no mercado financeiro? Leia mais sobre clicando aqui!

Inscreva-se em nosso YouTube
Siga-nos no Instagram
Curta nossa página no Facebook

Sobre o Autor

Pedro Mellado
Pedro Mellado

Formado em administração e negócios, MBA na FGV em Gestão Financeira, pós graduado em Recursos Humanos com 6 anos de Santander como assistente e Gerente Empresas.

0 Comentários

Deixe uma resposta